Páginas

Total de visualizações de página

quinta-feira, 17 de novembro de 2011

2ª oficina de áudio da Escola Municipal Jesus Bom Pastor



A 2ª oficina de áudio da Escola Municipal Jesus Bom Pastor, aconteceu no dia 01 de novembro de 2011, no CDC do município, Sob a direção do professor Antônio e três alunos do curso de comunicação da UESC: Karol, Patrício e Viviane.
         O público alvo da oficina foram os 18 alunos monitores, os quais estudam com o professor responsável pelo programa uca da escola: Wellington Silva Santos.
         A oficina iniciou-se com um pequeno atraso, por conta da falta de transportes para a locomoção dos mediadores.
         No primeiro momento o professor Antônio falou da importância do saber ouvir os sons de um ambiente, em seguida reproduziu alguns sons de: pessoas acordando, fazendo xixi, dormindo, galo cantando, barulho de chuva, etc.
Em seguida o professor Antonio, também contou para as crianças uma fábula intitulada: OS RATINHOS DESOBEDIENTES. A história retrata a vida de dois irmãos ratos que fugiram de casa à noite, pois tinham raiva quando a mãe os colocava para dormir. Mas a mamãe rata encontrou-os. Eles aprenderam que não deveriam desobedecer a sua mamãe.
 O próximo passo foi dividir os alunos em três grupos de seis componentes para criar uma história parecida com a dos “Ratinhos Desobedientes”. Karol, Patrício e Viviane, participaram como orientadores de cada grupo para nortear os trabalhos dos pequeninos. Todos se integraram e com a ajuda dos orientadores, criaram a reprodução da história, mais infelizmente por conta do tempo já ter se esgotado, as histórias não foram apresentadas no momento, ficando para o próximo encontro que acontecerá no dia 18 de novembro de 2011, (sexta feira).
Contarei mais sobre as oficinas no próximo encontro!

Wellington Silva Santos,
Professor/coordenador do uca na E.M.J.B.P

terça-feira, 15 de novembro de 2011

1ª oficina de áudio da Escola Municipal Jesus Bom Pastor








Aconteceu no dia 19/10/2011 a 1ª oficina de áudio da Escola Municipal Jesus Bom Pastor, ministrada pelos alunos do Curso de Comunicação da Uesc (Karol, Patricio e Viviane), e pelo professor Antônio, o encontro foi realizado no CDC do município de Barro Preto.

A oficina contou com a participação dos alunos monitores e também das formadoras do NTE 05 Gizélia, Maristela e Saionara e do professor Wellington que é o responsável pela turma de alunos monitores do Projeto UCA.


O primeiro momento foi à apresentação do professor Antonio e toda sua equipe, o qual interagiu bastante com os alunos. Em seguida Karol falou de linguagem e sonoplastia em rádio.
Como se faz para escutar rádio? A equipe narrou uma história com efeitos, ou seja, sonoplastia, utilizando instrumentos que fizeram com que os alunos identificassem os sons, Os alunos ficaram envolvidos e muitos empolgados e conduziram muito bem a história.
Em seguida, os alunos fizerem a criação de uma história com o áudio produzido por eles imitando as ações contidas na narração e utilizaram o laptop para digitar. Ao concluírem, narraram as histórias que por sinal ficaram bem criativas.
Vale ressaltar que acontecerão mais 03 oficinas, essa foi a 1ªoficina, em breve relataremos as outras...







sexta-feira, 21 de outubro de 2011

I Seminário UCA Bahia - experiências e perspectivas



Com o objetivo de avaliar as ações do programa Um Computador por Aluno – UCA na Bahia, além de socializar experiências nas escolas baianas e de outros  estados, será realizado nos dias 03 e 04 de novembro de 2011, das 8h30 às 18h, no auditório do Instituto Anísio Teixeira – IAT, o  I seminário UCA Bahia.
        A idéia do evento é analisar as ações politico-operacionais do PROUCA, avaliar as ações do projeto na Bahia durante o ano 2011, socializar algumas experiências do UCA nas escolas da Bahia e de outros estados além de delinear estratégias de ação para o ano 2012
Este programa se insere na fase II do Projeto UCA, que consiste em projetos-piloto desencadeados a partir da aquisição, pelo Ministério da Educação, por meio do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação – FNDE, de 150 mil equipamentos portáteis denominados de laptops educacionais para a execução de um projeto plural, constitutivo dos sistemas públicos de ensino dos estados, do Distrito Federal e dos municípios, em escolas públicas localizadas nas áreas urbanas e rurais.
        A Bahia foi contemplada, nesta segunda fase do programa, com a escolha de 10 escolas distribuídas entre a capital e o interior. Dentre elas, cinco são de cunho estadual: Escola Lindemberg Cardoso - Salvador, Escola Padre Salério - Itabuna, Escola Júlia Montenegro Magalhães - Cícero Dantas, Escola Prof. Dásio José de Souza - Candeias e no Centro Territorial de Educação Profissional Portal do Sertão na zona rural de Feira de Santana, onde cada aluno, e professor, recebem um laptop educacional. A formação está sendo promovida pela Universidade Federal da Bahia - UFBA, com apoio do IAT/SEC, que tem, por  finalidade, mobilizar a adequação da estrutura física das escolas. 

Categoria de notícia: noticia.

Fonte: Portal do Educador Baiano.

1ª OFICINA DO UCA PARA OS PAIS E RESPONSÁVEIS PELOS ALUNOS DA ESCOLA MUNICIPAL JESUS BOM PASTOR‏

 
Aconteceu no dia 30 de setembro de 2011 na ESCOLA MUNICIPAL JESUS BOM PASTOR no turno vespertino, com duração de 04 horas, a 1ª oficina para formação dos pais dos alunos. Estavam presentes aproximadamente 50 participantes dentre eles: pais, avós, tios, irmãs, alunos monitores, a diretora além do professor Wellington.

A oficina foi iniciada pelo professor Wellington, pois houve atraso no deslocamento da professoras Gizélia e Saionara devido a problemas de logística da Secretaria de Educação de Barro Preto. Entretanto, este fato não causou prejuízo ao evento, pois o professor  supracitado conduziu muito bem o encontro segundo planejamento que fora previamente divulgado.

O professor Wellington ajudou os pais a compreenderem a importância do laptop na aprendizagem dos filhos, além de ajudá-los na aquisição de alguns comandos como ligar/desligar, reconhecer alguns ícones, acesso a internet, entre outros. Ao chegarmos, às 15 horas iniciamos uma conversa informal sobre a utilização do laptop em casa e na escola, destacando alguns pontos relevantes incitando aos responsáveis a relatarem o uso do laptop não só pelos alunos, mas também pela família. A conversa foi fluindo naturalmente e os depoimentos foram sendo registrados: uma mãe da educação infantil relatou que aquele era o primeiro contato que tivera com o laptop, pois sua filha era pequenina e por isso  não o levava para casa (a diretora deixou claro que se  as mães dos pequeninos desejassem o laptop bastava se dirigir a escola e o acesso seria liberado); um pai ressaltou que a filha havia cobrado dele a participação nesta formação e que a mesma o ajudava a manusear o instrumento em casa, outros responsáveis salientaram que os filhos estavam tendo cuidado para não causar qualquer dano ao laptop.


Foi linda a presença de avós que estavam também interessados em aprender a utilizar o “uquinha”, além de acompanhar seus netinhos no manuseio da mesma.
Nós, as professoras do NTE 05, dissemos aos pais que poderiam conversar com a gestão da escola e em determinados momentos, nos finais de semana e até mesmo nas férias, os pais poderiam ir à escola para utilizar o laptop e a internet, já que a mesma está lá pronta para o uso, bastando apenas entendimento entre as partes envolvidas.
Em seguida assistimos ao vídeo Família uca Bom Pastor disponível no youtube que contém  depoimentos dos professores, diretora e coordenadora sobre a importância do projeto na escola.
Também mostramos rapidamente como pesquisar na internet, navegaremos em alguns blogs como o do professor Tinho, o Jornal de Pesquisa, O Pimenta na Muqueca, Barro Preto Acontece, etc. Falamos das Redes Sociais especialmente o Orkut, visitamos a Wikipédia.

O nosso objetivo foi mostrar aos pais que a internet é muito útil no cotidiano, inclusive para a comunicação com parentes distantes através de e-mails e das redes sociais. Além disso, ajuda a mostrar a realidade do lugar contribuindo assim  para encontrar soluções para os problemas. Enfatizamos a necessidade de acompanhamento dos adultos responsáveis na navegação dos filhos e que estes devem ser alertados constantemente para o uso seguro da rede web que abre as portas do mundo deixando a todo tipo de informação e contato com pessoas de diferentes padrões morais e que os cuidados não era só para os filhos, mas também,  os pais deveriam estar sempre alertas inclusive no que se refere a postagens de  fotografias, endereços, números de documentos.

 Encerramos o nosso encontro a contento de todos e com um grande coral dizendo: "valeu, foi muito bom", rsrs. Os pais sugeriram que outros momentos como estes deveriam acontecer. O encontro foi positivo, a dedicação e o entusiasmo dos envolvidos foram extremamente gratificantes.

Bjos carinhosos

Giz e Sai.


quarta-feira, 7 de setembro de 2011

X ENCONTRO DO UCA NA E.M.J.B.P



O encontro teve como objetivo a retomada das ações do módulo III- Formação de  Professores na Escola. No dia anterior, a professora Sirleide  durante e reunião de planejamento fez a leitura das diversas metodologias contidas neste módulo com os professores para que os mesmos tivessem informação mais detalhada a respeito de cada técnica. Vale salientar que os professores já haviam visto esse módulo na formação anterior.
 
 
O trabalho está sendo planejado por duplas de professores que aplicarão em uma série (isso é possível pois temos salas com auxiliares e também porque os gestores da escola tem participado ativamento do processo formativo dos professores). Dentre as metodologias que o modulo apresenta, ficou acordado que cada dupla trabalharão com as seguintes : resolução de problemas,  trilhas, escrita coletiva e ainda Aula de campo.
Ficou acordado, que a culminância desses trabalhos, será em forma de um seminário, onde participarão toda a comunidade escolar. Salientamos também que o uso do Blog será intenso, assim como máquinas digitais, celulares, etc. Cada sequência didática será publicada no portfólio do professor cursista até o dia 09/09/11.
 
O encontro foi bastante proveitoso e acreditamos que após esta interveção o Módulo 03 será concluído até o final do corrente mês.
 

Abraços

Gizélia e Saionara


sexta-feira, 2 de setembro de 2011

MONITORES DA E.M.J.B.P


MONITORES DA E.M.J.B.P



   Olá gente, Sou Wellington estou coordenador do programa UCA ( Um computador por aluno) na Escola Municipal Jesus Bom Pastor do Município de Barro Preto,   Bahia. 
      Com os professores multiplicadores do UCA, e a equipe escolar, estamos realizando um trabalho para alunos monitores com o objetivo de ampliar os laços de descobertas nas configurações do "uquinha", para que todos possam futucar a máquina com segurança aprendendo coletivamente tornando-os multiplicadores para ajudar no 
trabalho de sala de aula com os próprios colegas.
      O critério de escolha dos monitores foi desenvolvido em duas partes a partir do desempenho individual de cada um, após relato de todos professores das turmas correspondentes. O outro critério de escolha foi através de uma avaliação em dois momentos: prático e  teórico norteado pelo coordenador do UCA. 
       Atualmente a escola dispõe de 17 monitores sendo eles:
       Três do 1º ano, três do 2º ano, três do 3º ano, quatro do 4º ano e quatro do 5º ano.
       Esperamos muito sucesso nesta nova experiência!
       Contarei mais sobre esse trabalho no decorrer da caminhada.  

quarta-feira, 20 de julho de 2011

VIII Encontro do UCA



O oitavo  encontro de Formação do Projeto UCA  aconteceu no dia 15/06/2011, com duração de 4 horas. Foi realizado no Centro digital de Cidadania (CDC) no turno matutino, onde foi disponibilizado 8 computadores com programa Linux.                        Nesse encontro esteve presentes os professores, diretora, secretária, coordenadora, responsável pelo programa UCA no município e as formadoras responsáveis pelo curso. Contamos também com o apoio técnico do monitor do centro digital ( Fabrício). As atividades deste dia ficaram sob a responsabilidade das formadoras Lívia Coelho, Saionara e Luciana  No primeiro momento Lívia apresentou a colega Luciana, em seguida deixou claro a importância de manter as atividades em dia, e de realizarmos todas as atividades no tempo previsto para evitarmos problemas futuros, que mesmo estando longe ela acompanha o desempenho de cada cursista, e  sua preocupação é que no final do curso todos estejam em dias com todas as atividades. No segundo momento Luciana se apresentou, falou um pouco de sua paixão pela profissão e que não se cansa de pesquisar, pesquisar... em  busca de novas descobertas sobre animação de imagens e jogos. Logo após pediu que ficássemos em dupla e esboçasse no papel uma estória ou uma música com desenhos e frase em blocos seqüenciados, em seguida ela pediu que realizássemos a mesma atividade no Tux com o objetivo de produzir animação nas imagens, e conseguimos, foi muito interessante ! A atividade é realizada em forma de slides, da impressão de um desenho em movimento. No final cada dupla apresentou o trabalho realizado, foi surpreendente. Adoramos! é uma pena que não disponibilizamos deste recurso no tux do nosso leptop. Quem sabe um dia??? Aguardamos.

Ana Cristina e Luciene Araujo
Barro Preto-Ba, 20 de julho de 2011.

terça-feira, 21 de junho de 2011

Projeto UCA - Barro Preto

O vídeo do Programa APROVADO da Rede Bahia, mostra o professor Nelson Pretto falando das tecnologias na escola, e da experiência de Barro Preto com o Projeto UCA. Confiram:

terça-feira, 14 de junho de 2011

O Dia Mundial do Combate ao Trabalho Infantil.




Trabalho realizado pela assistência social, no dia: 12 de junho na feira municipal de Barro Preto.
O trabalho infantil no Brasil ainda é um grande problema social.
Milhares de crianças ainda deixam de ir à escola e ter seus direitos preservados, e trabalham desde tenra idade na lavoura, campo.

Apesar de no Brasil, o trabalho infantil ser considerado ilegal para crianças e adolescentes entre 5 e 13 anos, a realidade continua sendo outra. Para adolescentes entre 14 e 15 anos, o trabalho é legal desde que na condição de aprendiz.
O PETI (Programa de Erradicação ao Trabalho Infantil) vem trabalhando arduamente para erradicar o trabalho infantil. Infelizmente mesmo com todo o seu empenho, a previsão é de poder atender com seus projetos, cerca de 1,1 milhão de crianças e adolescentes trabalhadores, segundo acompanhamento do INES (Instituto de Estudos Socioeconômicos). Do total de crianças e adolescentes atendidos, 3,7 milhões estarão de fora.
Em defesa a exploração do trabalho infantil, a coordenadora do PETI de Barro Preto, Jacirlene Bispo foi à feira distribuir e convidar as crianças para freqüentar o PETI e o CRAS.
Achei interessante e postei no nosso blog.
                                                                          
                                                                                        Ladyane dos Santos Silva.



O dia 12 de junho é o Dia Mundial do Combate ao   
Trabalho Infantil.

    

Lugar de criança é em Casa, é na Escola, é no PETI é no CRAS
  

                                                
                                                                                                                                            

sexta-feira, 10 de junho de 2011

Feira de Ciências


                                                                                      Foi realizado, pelo biologo José Reis no dia 10/06/2011 uma feira de ciências riquisima com variedades de animais, plantas, repteis, insetos, exposição de trabalho confeccionados pelos alunos da Escola M. Domingos Chaves.
  Fomos convidados pelo o autor de exposição onde os nossos alunos tiveram contato direto com a natureza.
            
           
                  

Edvanice, Bruna e Adriana alunas do UCA.